Lutando por minha saúde

Sharing is caring!

Hoje, vou usar esse espaço do meu canal de comunicação com a sociedade para agradecer, publicamente, ao Dr. Mauro Burmann, que tem monitorado os índices de glicose e outros … do meu sangue. A situação pode ser definida entre grave e gravíssima, eis que as taxas não voltam mais aos níveis normais. Os reflexos são muitos. A visão embasada é o pior deles. Pés adormecidos e palmas de mãos começando a adormecer. Recebi ontem à tarde os últimos exames do Dr. Mauro Burmann.

Sei, nessas alturas, que não se trata nada de alimentação. Imagino do noventa por cento seja stress puro. Embora eu seja muito frio e consciente para lidar com as situações que se apresentam, não tenho poderes para controlar meu inconsciente, derivando-se daí a crise.

O Dr. Burmann tem me alertado, com pavor, que eu posso ter um AVC isquêmico a qualquer momento. Por tudo, tenho lutado e resistido.

Agradeço ao amigo Guilherme Bonotto, sempre solidário. A Tânia e a Gabizinha, pessoas amigas, que, mesmo longe, ficam dando força via aplicativos de celulares. A psicóloga Ana Flores, pessoa amiga há mais de 30 anos, sempre presente com suas sugestões espiritualizadas e palavras de fé e conforto.

Meus amigos Marcelo e sua esposa Litiere, temos tido longas conversas, muitas orações e isso é excelente. Gosto muito da fé, da crença do Marcelo.

Vamos resistindo. Oremos, pois,

Comentar no Facebook

Deixe uma resposta