Guedes cede e fim de inscrição obrigatória em conselhos não atingirá OAB. Secretário vai discutir com presidente da OAB uma nova redação para a medida

Sharing is caring!

UOL / Folha de São Paulo / MÔNICA BÉRGAMO trouxeram as notícias. A Folha trouxe a matéria em primeira mão. O governo pode meter a mão com esses conselhos que e acham autarquias, como o conselho federal de psicologia. Também concordo que é preciso colocar ordem nessa zorra. Agora, com a OAB o furo é mais embaixo. Bolsonaro e Guedes recuaram, a OAB tem papel constitucional fundamental para o funcionamento da Justiça em nosso país. O exame de ordem é um filtro necessário, embora a OAB vá precisar rever o abuso do preço da mensalidade. Isso não tem fundamento, é alto demais e não existe contrapartida nenhuma, especialmente para os advogados que não vivem nas capitais e regiões metropolitanas.

Vitória da OAB.

Comentar no Facebook

Deixe uma resposta