Coronavírus, a origem

Sharing is caring!

Sopa de morcego é um dos pratos conhecidos na China, assim como ratos e cães.

Segundo a Agência Brasil: ” Pesquisadores na China afirmam que estudos genéticos mostram que o novo coronavírus não teve origem em um mercado de frutos do mar em Wuhan, na província de Hubei, como suspeitava-se inicialmente.

O Jardim Botânico Tropical Xishuangbanna da Academia Chinesa de Ciências publicou em seu site na internet os resultados de estudos conjuntos com pesquisadores de universidades do país.

Eles afirmam ter analisado dados genéticos de 93 amostras do vírus coletadas em 12 países.

Segundo os resultados, o vírus encontrado no mercado em Wuhan espalhou-se rapidamente a partir daquele local, mas teria vindo originalmente de um outro lugar.

Os pesquisadores afirmam que a conclusão que descartou o mercado como epicentro da epidemia é baseada na análise do momento em que os pacientes ficaram doentes”.

O neurocientista brasileiro Stevens Rehen, em entrevista na Globo News, fez uma intrigante observação; segundo ele a região Wuhan tem criações de porcos, e esses são alimentados com ração de soja transgênico. Uma insinuação nova nesse contexto de dúvidas mais que certezas.

A BBC Portuguese responsabilizou o morcego pela transmissão.

Pelo sim, pelo não, o vírus mutante atingiu a Itália e alarmou a Europa; São Paulo está com 3 casos suspeitos.

A origem?

Por enquanto, suposições.

Comentar no Facebook

Deixe uma resposta