Advogados e a eleição da OAB – aviso importante

A exigência consta do Regulamento Geral da Advocacia e da OAB (artigo 133, parágrafo 5º, inciso II) e do Provimento 146/2011 (artigo 12, inciso VII), do Conselho Federal da OAB.

Para participar das Eleições 2018 da OAB, advogadas e advogados têm até o dia 31 de outubro para regularizar a sua situação financeira junto à Seccional. O pleito eleitoral na Ordem gaúcha, que escolherá os novos diretores e conselheiros da entidade, ocorrerá no dia 30 de novembro a partir das 09h.

A exigência consta do Regulamento Geral da Advocacia e da OAB (artigo 133, parágrafo 5º, II) e do Provimento 146/2011 (artigo 12, VII), do Conselho Federal da OAB, que regulamenta procedimentos, critérios, condições de elegibilidade, normas de campanha eleitoral e pressupostos de proclamação dos eleitos para os cargos de conselheiros para a diretoria do Conselho Federal, das Seccionais, das Subseções e da Diretoria das Caixas de Assistência dos Advogados.

A votação é obrigatória para todos os advogados e as advogadas regularmente inscritos na OAB, sob pena de multa. Quem faltar ao processo eleitoral deverá apresentar justificativa e documento que comprove o motivo que o impediu de votar.

O Provimento 146/2011 veda a concessão de parcelamento de débitos a advogados no período de 30 (trinta) dias antes da data das eleições. Importante lembrar que o parcelamento confere à condição de adimplente somente quando o candidato tiver quitado, à vista, pelo menos uma parcela, e que não haja parcela em atraso. Também é considerado inadimplente quem, já tendo obtido parcelamento anterior, não esteja em dia com o pagamento das parcelas.

Polímatas e o lixo da imprensa, os coiotes x os dinossauros dos saberes

Eu fico vivamente impressionado com o despreparo histórico (e até a estupidez) dos analistas eleitorais da grande imprensa.

Desconhecimento total acerca da revolução russa, da dissidência de Stalin e Trotsky, desconhecimento total das associações internacionais, 1ª. 2ª, 3ª e 4ª. Desconhecimento da revolução chinesa … e até do próprio nazismo.

Desconhecem tudo sobre a desestalinização, o governo de Enver Hohah, da Albânia, desconhecem como se deu o racha do PCB com o PC do B. Desconhecem praticamente tudo sobre o trotskysmo, ninguém sabe a diferença do CORQUI com a ORMDS e com a OSI. Essa ignorância está explícita na grosseira generalização, estupidez e burrice histórica. Nem falo no PSOL, PSTU, PCO, tudo variâncias do trotskysmo, que não têm nada a ver com o stalinismo, muito ao contrário, são inimigos históricos.

Ninguém sabe que o Pátria Livre é o MR8 com uma roupagem pós-moderna. Que o PPS – este sim – o velho PCB estalinista pró-ex-URSS.

Quando chega na Teologia da Libertação, então, é tudo tão precário, e sofrem para entender essa babaquice do Forum de São Paulo.

Desconhecem a própria história do Brasil.  Não sabem nada sobre o PCBR, PRC, MR8, onde estes grupos estão hoje.  Não sabem o básico sobre a ideologia da ESG. Nem o racha que deu com os sandinistas, o racha liderado por Altamira na Argentina. O racha no Equador, o racha em El Salvador … São vertentes antagônicas entre si e que se refletem dentro dos partidos políticos na atualidade nacional.

Por outro lado, o desconhecimento sobre o liberalismo econômico, é gritante da mesma forma. Raramente existe alguém preparado a ponto de saber decifrar a contradição explícita entre o liberalismo de Paulo Guedes e o intervencionismo de Mourão e de todos os generais que cercam a campanha Bolsonaro. A ala militar é vivamente intervencionista, patrimonialista e inimigos ferozes do liberalismo econômico.

Sei lá, eu sempre imaginei que jornalistas deveriam ser pessoas com algum preparo histórico, conhecimento básico de ciência política, sociologia política e filosofia, alguma coisa de economia e direito.

Mas é uma legião de despreparados. Quem – eventualmente – domina economia não sabe nada de história e ciência política. Quem domina história, é o caso do Villa, não sabe nada de Direito e economia. Talvez o Gabeira. da Globonews, tenha algum preparo, mas o resto é assombroso. Reynaldo Azevedo é uma louvável exceção, talvez uma das pessoas mais inteligentes do país.

Um medico, entender de medicina ou um advogado entender de direito, assim como um economista entender de economia é o óbvio; o óbvio ululante, diria Nelson Rodrigues.

Polímatas, como Marcos Rolin, Tau Golin, Romeu Karnikowiski. Tarso Genro, Ruy Gessinger … são cada vez mais raros.

Michele Bolsonaro

O segundo turno eleitoral deu um grande enfoque a  esposa do candidato Jair Bolsonaro.

È a líder evangélica de Ceilândia, DF, Michele de Paula Fermino , 38 anos, que surpreende, em suas discretas aparições, por sua beleza e postura conservadora. Integrava a Assembléia de Deus, ligada a Silas Malafaia e, agora, assiste cultos na Igreja Batista Atitude.

(C.R)

Uma pausa para tratar a saúde

Estou pedindo desculpas aos meus leitores pela minha pouca presença no blog, especialmente nesse momento tão importante da vida nacional.

Segunda-feira passada, ao analisar os primeiros resultados de 14 exames que fiz, o Dr. Mauro Burmann, meu prezado e talentoso amigo, ligou-me bastante assustado. A taxa de glicose em torno de 6 vezes mais alta que a média. Segundo o Dr.Burmann eu poderia sofrer um AVC a qualquer momento e fez-me uma série de recomendações prévias.

Eu enfrentei uma grande crise com a elevação estratosférica da glicose em 2013, outra em 2015 e agora acontece pela terceira vez. Na segunda vez, eu quase perdi a visão e – pateticamente – agora, novamente, tive a visão afetada. Em estado normal, uso óculos 1.5 graus. Segunda-feira, precisei usar 12, pois na viagem, quando fui levar a Nina, domingo a noite, percebi que minha visão estava totalmente ofuscada.

O Dr.Azambuja, médico e meu grande amigo, explicou-me detidamente que a questão de como a glicose afeta a visão. È assombroso.

Por outro lado, os medicamentos que estou tomando, todos a base de metformina, provocam náuseas e vômitos.

Segunda-feira, farei uma nova bateria de exames, por sugestão do próprio Dr.Mauro Burmann.

Este texto, é ditado; já não consigo mais escrever. Dieta, insulina e metformina, nos próximos dias minha presença no blog será muito reduzida.

Espero melhorar em breve. As duas outras grandes crises pelas quais passei, consegui derrubar o nível elevado. È só muito cuidado alimentar e medicação.

Assim, peço desculpas aos leitores e amigos que acompanham meu blog, fundado em 22 de março de 2002. Uma reduzida, agora, é necessária devido aos cuidados médicos. Tão logo meu estado de saúde fique normalizado, volto ao mesmo ritmo. Adoro escrever, adoro esta interação que criei ao longo destes 16 anos de blog e 18 de imprensa digital, mas a saúde exige um tratamento rigoroso e não tenho mais como dar o melhor de mim no estado em que me encontro.

Como não estou podendo ler e nem forçar os olhos, a situação exige uma pausa. Meu olho esquerdo tem sangrado e o ficou diagnosticado que é retinopatia diabética e isso é tão grave que pode gerar a falência (morte) das veias da retina.

Assim, explico-me com meus leitores e amigos, ao mesmo tempo em que peço desculpas pela notada ausência, que será por alguns dias, bastante reduzida.

Meu sincero agradecimento pela presteza e amizade do Dr. Mauro Burmann, um Humanista acima de tudo, que tem sido meu grande conselheiro e orientador na superação deste momento.

Sucessão

Bancada do PP precipitou o debate sobre a sucessão municipal. Querem Ruivo e Peru Gorski de vice.

==

Oposição também já se articula. Pela primeira vez a sucessão municipal começa com antecipação.

==

Vereadores não explicam porque não querem mais o governo Tiago/Cláudio Cardoso.