No que virou o PP com Tiago Lacerda e Éldrio Machado?

Sharing is caring!

A perseguição – sem tréguas – que o prefeito Tiago Lacerda, Éldrio Machado e um grupo aparentemente invisível do PP/Santiago, movem contra mim, ultrapassou as raias do bom senso. Percebi isso, claramente, ontem.

O pior é que semeiam medos, e covardes que se escondem atrás de ideologias, pensam que me perseguindo estão em sintonia com os arroubos autoritários do prefeito de Santiago, o mais anti-democrático e o mais totalitário prefeito da história de Santiago.

Mas eu não vou mudar. Estendam por onde estenderem suas garras, não conseguirão me atingir, pois a História me absolverá nessa luta tão desigual e tão desproporcional de um grupo atrás do aparato do Estado perseguindo um cidadão de sua própria cidade, apenas porque não se alinha um modelo de governar e tem denunciado as inverdades do prefeito Tiago, como as prometidas 300 casas populares, as quais não entregou nenhuma, apenas iludiu e mentiu para o povo na época eleitoral.

Abominável a acriticidade da imprensa que vive de favores dos recursos públicos, que sabe de tudo que é tramado nos bastidores e silencia de forma cúmplice. A omissão é generalizada. Não existe uma voz contra os desmandos … esse não é o PP de Chicão e de Júlio Ruivo.

Abominável o reino do medo.

Abominável uma cidade cheia de covardes, bajuladores e acríticos.

Abominável quando as vozes se calam diante da prepotência.

Abominável a mediocridade de quem tenta impor respeito semeando medo e terror nos órgãos de imprensa que não lhe são submissos.

Abominável como os quadros dirigentes do PP, que tantas páginas de democracia e unidade semearam com Chicão e Ruivo, hoje silenciam ante o reino do terror.

Dr. Valdir Amaral Pinto, Vossa Senhoria sabe muito bem as páginas que eu escrevi. Só não se esqueça e nem risquem a perspectiva de que eu sei começar e sei terminar uma história. Se o PP – hoje – está no poder, lembro a todos que todos devem a mim, a maioria dos créditos históricos, quando estavam todos acovardados diante de Vulmar Leite e outro grupo que não é nem um pouco diferente desse atual.

Tiago e Éldrio, nesse contexto histórico, ao meu juízo, são os impostores, pois a história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa. 

Tiago Lacerda disse na frente da juíza Dra. Cecília que nunca ninguém antes teve coragem de me processar, se achando o mais destemido e corajoso prefeito. Esqueceu-se de que não conhece nada de história e deveria ter algumas AULAS  com o próprio Dr. Valdir Amaral Pinto. É só perguntar quantas vezes o prefeito Vulmar me processou? Pergunte ao jornalista João Lemes, que respondeu vários processo junto comigo.

Tiago só está hoje, Éldrio só está hoje onde está, porque eu abri o caminho em busca de liberdade e democracia para nossa cidade.

Sei que milhares de pessoas, hoje, se debruçarão sobre meu blog, que completou 17 anos, como um exemplo de trincheira democrática, sempre resistindo e – ao mesmo tempo – usando palavras de amor para quem merece amor.

Em respeito a memória dos meus amigos Tavinho e Chicão, o PP, ou resgata o que me deve, ou pagará com a moeda podre da história, um crédito que usurpadores dele se apropriaram.

Comentar no Facebook

Deixe uma resposta