Vai chegando ao fim meu período de blogueiro

Nina comigo, dia 12 e agosto deste ano, quando completei 62 anos.
Nina comigo, dia 12 e agosto deste ano, quando completei 62 anos.

Eu comecei a escrever nas redes sociais em junho de 2000, quando registrei o domínio ahoraonline na Santiagonet. Em 22 de março de 2002, migrei para o blog, o qual mantenho até hoje, embora vários domínios diferentes.

Sempre vivi da escrita. Em 1976 comecei vasculhar no Jornal local, o César Martins, hoje no gabinete do prefeito Tiago, foi meu colega naquela distante época. Nunca mais parei … até hoje.

Outro dia, a noite, fiz uma petição para uma amiga  num processo de inventário, onde advogo para ela pro bonno. Depois, com minha lupa, fiquei espantado com o tamanho dos erros.

A retinopatia diabética ofusca-me demais a visão, e noto que segue crescendo … faz parte da vida, só não esperava que fosse tão cedo, afinal tenho 62 anos. Esperava escrever até os 70, se tivesse vida.

Meus últimos anos foram difíceis. Muito difíceis. A separação abrupta de Nina, também somou muito nesse quadro caótico. Agora, estou – aos poucos – encerrando minha atividade de advogado pois dependo, essencialmente, da visão, seja para ler, seja para escrever.

Nada a lamentar. A vida é assim mesmo.

Fui renovar minha CNH e foi um caos e veio com a anotação, somente com óculos.

O importante nesse contexto é a calma, agradecer a Deus pela vida, e dedicar-me aos ajustes dos novos tempos.

Sigo, mas parando, devido a falta de visão e a incurável retinopatia derivada da diabete. Aos poucos a gente vai se indo. O bom é ir sem dor e sem sofrimento. Mas isso a gente não escolhe.

Minha escrita estava pouca e tende a ficar cada vez mais pouca. Posto vídeos do youtube, mas devo encerrar as atividades do meu blog – definitivamente – em breve.

Arranjei grandes e admiráveis amigos ao longo dos anos. Confesso que conheci pessoas boas e amáveis, gente muito boa mesmo.

Conheci também a perseguição e a bandidagem, mas isso faz parte, não me perturbo com isso. Conheci bem a falsidade e a mentira, isso é intrigante. Ela está onde a gente menos imagina.

A verdade de grandes amigos e amigas trouxeram-me até aqui. Sou grato e todos e a todas.

Não sei o que virá. Mas seja o que for, estou preparado. O vir-a-ser não nos pertence.

Com esse texto dou uma explicação a todas as pessoas que me cobram a ausência de textos. Já há alguns anos enfrento esse grave problema de retinopatia diabética.

Eu dei minha parcela de contribuição e deixo tudo nas mãos de Deus.

Comentar no Facebook

Cherini

O deputado Cherini veta o Ruy Irigaray por estar respondendo a um processo e aceita a liderança de Valdemar Costa Neto, mensaleiro condenado por corrupção.

Bota coerência nisso.

Quem Cherini pensa que engana?

Comentar no Facebook

O show do poder em Santiago

Os fatos em Santiago estão acontecendo muito rapidamente. O prefeito Tiago e sua de decisão de ingressar na iniciativa privada é um fato altamente louvável. Tiago é um gestor muito preparado e deve ter concluído que o setor público paga mesmo muito pouco, nisso ele está coberto de razão.

A política paga muito pouco e aí reside a raiz da corrupção. Tiago não quer se sujar e tem competência. Certamente, descobriu a realidade.

Piru, teve o brilho de construir uma carreira própria, estudou e está na SUSEPE por seus méritos. Sempre foi um menino estudioso e vem de boa cepa. Imagino que não deverá suceder Tiago, numa eventual mudança de curso a curto prazo.

O sucessor será Marco Peixoto (pai) e Éldrio Machado, esse sim com muito fôlego, embora seja o elo para manter muitos parasitas e o parasita-mor no setor público.

Minha escrita parece precipitada. Eu sei, eu sei, e também sei o que corre nos bastidores. Esse papo deveria ser levantado em 2024. Mas os fatos em Santiago andam muito rapidamente.

Eu não me surpreendo com mais nada. ( Moro renunciou ao cargo de juiz federal). Porém, confesso que a decisão de Tiago Lacerda é a mais acertada. É novo e um gestor talentoso. Perde tempo e dinheiro no setor público. Se sair agora, sai por cima. Mas não deve sair agora, deve fazer uma coabitação antes de entrar no seu verdadeiro destino.

A eleição de 2024 promete grandes emoções. O PP está embebido de poder e isso se refletirá nos anseios do povo.  Aí o problema para Marco estará criado. Bianchini vem com força e abraçado em sua real vocação. Temo que cresça demais, demais, demais, e será um obstáculo para Marco e Éldrio. Tenho a sensação que a embriaguez de poder abrirá o caminho para Bianchini ascender. Mas estamos longe da eleição e qualquer coisa pode acontecer.

O que poderá mudar este quadro? Só a morte de alguma dessas figuras exponenciais. E isso é bem plausível. Ninguém contava com a morte de Chicão e ela aconteceu. E mudou o curso dentro do curso. Uma morte, hoje, muda tudo, fora do curso, em qualquer cenário e em qualquer lugar do mundo.

Júlio Ruivo corre solto. É uma pessoa boa e decente. Nunca o cenário esteve tão favorável a si. É o herdeiro natural de Chicão. Sua vez chegou mansa e pacífica, algo como ele sequer imaginava.

Raciocinamos com o provável e o improvável. O certo que existe um curso novo dentro do curso velho. Tiago é muito águia para ficar perdendo tempo com a política. É pessoa para ganhar cem mil reais por mês. Deve ter lhe caído a ficha, ficar até o final de 2024 ganhando um subsídio de prefeito, é dose.

Eu estou preparado para ver grandes mudanças.

Que venham.

 

Comentar no Facebook

Giovani Cherini tem medo de Marcelo Brum e enfia um discurso contraditório nos gaúchos

A ENTREVISTA do deputado federal Giovani Cherini, hoje, em Zero Hora, vetando o ingresso do deputado federal Marcelo Brum no PL, esconde a verdadeira causa, que é a sombra que Marcelo Brum lhe faz. Cherini acha que é dono de um pedaço de Santiago, mas, politicamente, é um oportunista, faz jogo duplo com o governador Eduardo Leite e com o Presidente Bolsonaro.

Ademais, esquece-se que abandonou o PDT e se acha  o coronel dono do PL, pois ele não suporta ver a acolhida e a boa relação de Marcelo Brum com o PL de Santiago.

Se Cherini fosse mesmo tanto anti-homofóbico deveria lembrar dos discursos do presidente Bolsonaro dizendo que preferia ver um filho morto do que se beijando um bigodudo. Assim, seu bolsonarismo não convence ninguém ou só vale para o deputado federal Marcelo Brum?

Conta outra Cherini, aqui em Santiago não cola essas tuas.

 

Comentar no Facebook