Mais um acidente na minha vida

Eu estava indo a São Borja levar minha filha. No meio do caminho, antes do Nhu Porã, no asfalto, 4 vacas. Freei o que pude, preocupado com a Nina no banco traseiro. Bati de frente numa das vacas, mas foi pouco o dano no carro. O dano maior foi que após a batida, a vaca caiu por cima do capô e com o peso, praticamente afundou parte do capô.

No meio, descubro o que tinha acontecido. O pessoal da fazenda já andava com várias pessoas a cavalo, pois tinham arrombado a cerca e a intenção era carregar o gado. O Proprietário, foi muito ético e correto, imediatamente se dispôs a pagar os prejuízos e danos, sem nenhuma discussão, tudo em altíssimo nível.

Graças a Deus não houve nada conosco. A Nina está bem, nenhum arranhão.

Agradeço ao pessoal do Deputado Marcelo Brum que nos socorreram no local, voltei com eles para Santiago, ao Lucas que fez as pontes, ao Vilson e também a presteza e o profissionalismo do pessoal da Polícia Rodoviária Federal.

Do falecimento da mãe do Dr. Paulo Rosado.

Perder a mãe é um dos fatos mais doídos na vida. Assim, nosso companheiro e colega Dr. Paulo Rosado, que perdeu sua genitora nessa manhã de domingo, nosso conforto, nossos sentimentos e que Deus o ajude na superação da dor e nos dias que se seguirão.

Que Deus esteja em todos corações, com o consolo, com o entendimento e com a paz de Jesus, em todos os corações.

Meus sentimentos, companheiro.

A vida com minha filhinha em Santiago

Final de semana tranquilo. Ontem, um dia cheio. Muita agitação. Fiz um Agravo ao STF de 52 páginas, estendi-me demais, mas o assunto a apaixonante. Estive na OAB, e meus cumprimentos pela fineza, talento, prestatividade e alta educação da nosso querida Tati.

==

Mantive excelentes diálogos com meu prezado amigo João Lemes, sábio, estudioso, palestrante a concluindo seu Doutorado na UFSM. Vai conceder uma entrevista ao meu blog sobre atualidade e grandes pensadores do momento, com incursões em alguns que já não são assim tão recentes. O João é de um brilho muito especial.

==

A tarde, antes de viajar, recebi meu prezado amigo Marcelo Brum e sua esposa. Sempre ligado nas questões locais, muito amável e sempre atento nas questões de ordem política e de cristandade.

==

Nina chegou em Santiago e com me disse que precisava comer uma comida caseira. Levei-a até o Batista e ela me surpreende: como arroz e feijão com polenta. Nada de carnes, não quis experimentar a variedade de massas. Nada, só arroz e feijão. Deve ser alguma carência.

==

Depois, já tarde,ajudei-a nos temas em matemática. Noto que ela patina, exatamente como eu. Precisa de reforço.

==

Algumas coisas estranhas acontecendo. Mas estou ligado e desde já preparo uma ruptura no caminho, o mal precisa ser cortado na raiz.

==

Por fim, em casa, recebeu os presentes que a Dra. Iara deixou para ela. Uma linda jaqueta (essa da foto) e um pantufa, que ela maravilhou-se. Agradeço a Dra. Iara, esposa do Diretor-Presidente do Hospital Regional de Santiago, Irmo Sagrillo, nosso amigo e fomos organizando a vida para nosso final de semana pai e filha.

Nina e os presentinhos da Dra. Iara, feliz da vida