Notícia velha. Do livro A ARTE DE ENGANAR O POVO.

Sharing is caring!

Santiaguense lança livro A arte de enganar o povo

Tags: santiago
Postado por Jornal A Razão em Quarta, Agosto 5, 2009, 10:40
Esta notícia foi postada na categoria Cultura,

O santiaguense Júlio Prates, advogado,  sociólogo e jornalista, estará lançando, dia 18, às 19h, no Memorial do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, seu quinto livro, intitulado A arte de enganar o povo.

Produzido em Santa Maria, na Pallotti Editora, e com a capa levando a assinatura do designer Guilhes Damian, da Revista Veja, o livro escrito com humor, versa sobre os embustes, golpes e manipulações que os políticos usam para enganar as pessoas.

Na verdade, segundo Julio Prates, “o livro é um texto leve, sintético e nada lembra os artigos maçantes e cansativos. A temática é a política, mas sob uma ótica diferente”, observa o autor. 

Com puro escárnio e deboche, Júlio sintetizou, praticamente, tudo que é importante para os políticos. O livro, considerado polêmico, mostra que tudo na política e nos políticos é mentira, desde a forma como cumprimentam as pessoas, beijam uma criança, abraçam um velhinho e se comportam num velório. Explica Julio Prates que são dezenas de situações reunidas e analisadas, por exemplo, as roupas, joias, perfumes, cabelo, unhas, dentes, hálito, aniversário, horóscopo.

”O livro é curioso, pois ensina como mentir, como construir discursos sobre cada situação, ensina como enganar, mas revela-se extremamente útil por escancarar todos os expedientes manipulatórios que os políticos usam para enganar o povo”, comenta Prates.

A definição de política na visão de Prates é curiosa “é falar várias linguagens embutidas numa só, é aparentar uma coisa e ser outra, é dizer uma coisa e fazer outra”. Nada escapa da fúria literária de Prates, albergues, saúde, amantes, roubos, corrupções, esquerda, direita, gays, religiões, casamento, filhos bastardos, imprensa, militares, poder judiciário. O estilo de Prates lembra Maquiavel, embora resguardadas todas as particularidades do contexto, época. O livro contém 175 páginas, divididas em seis capítulos.

O primeiro livro de Julio Prates foi “O Papel do Jornal”, editado em 2003; depois,” O que importa em Oracy”, em 2004, e “Boca de Lobo” e” Pampa em Progresso”, lançados juntos em 2006.

O lançamento do livro “A Arte de Enganar o Povo” deve acontecer até outubro deste ano. A situação de alerta epidemiológico por causa da gripe A, fez com que a sessão de autógrafos fosse transferida do próximo dia 22 de agosto, para uma data ainda a ser marcada. Apesar disso o livro estará sendo comercializado nas principais livrarias ao valor de R$ 30,00.

Comentar no Facebook

Deixe uma resposta