Amizades e eternidade. O pai

Sharing is caring!

Estou muito feliz com minha vida e minhas amizades. Hoje, voltei aos meus pequenos aposentos no Capão do Cipó, terra hospitaleira e onde tenho muitos amigos, gente cordial, pessoal dócil … eu gosto muito dos cipoenses. Tem joio, mais esses não são dos nossos.

A tarde passada, estive reunido longamente com meus amigos de Unistalda, amizades de longos anos, também pessoal não menos cordial e amável.

Enfim, Santiago, onde nasci, passei os últimos dias antes de voltar ao Cipó. É óbvio que tenho tantos amigos e gente fraterna, que é impossível contar, parafraseando, a cantora argentina. Na verdade, a eleição municipal atrai meus trabalhos e minhas experiências em Pesquisas somadas ao Direito e ao jornalismo.

É claro, a morte do Chicão e do Tavinho, que eram as pessoas mais próximas de mim, verdadeiros amigos, deixaram uma lacuna que nunca vai ser preenchida. Hoje, almoçava na Prodócimo (antiga Gaúcha) quando reencontrei o Tavinho Filho. É claro, sempre nos sobe à lembrança a imagem do Pai, amigo e pessoa altamente boa e decente, que partiu para os céus precocemente. Fiquei imaginando a dor de um filho desgarrado do pai. Porém, lembro-me da imagem: o filho recebendo sua carteira da OAB e o Tavinho feliz, embora já doente. Despediu-se de mim com um sorriso fraterno, amável. Era o foco da briga com o totalitário e arrogante Tiago Lacerda, à época. Contudo, nossas amizades eram maiores e a personalidade forte dos filhos do não menos amável Dr. Valdir Amaral Pinto, sempre falou mais alto e nunca se deixaram intimidar: amizade é amizade. A história e os laços que forjamos juntos vamos levar para o além. Contudo, sempre existem novas amizades, novos vínculos, novos companheiros e a gente vai seguindo a vida, a luta e o destino de nossas vidas.

O Tavinho não era só um grande Pai, era um Amigo do melhor quilate, um conselheiro, sempre ponderado, sempre semeando harmonia e sempre destilando paz e edificação. Ele e Chicão eram irmãos cósmicos.

Hoje, ao deixar uma mensagem para minha filha, via whatsapp, lembrei-a do versículo bíblico que deve estar presente em todo o filho: “Honrar pai e mãe”. Espero que ela tenha entendido.

A todos, o carinho e o afeto aos meus amigos. Aos inimigos, que Deus tenha piedade deles, não sabem o que fazem.

Comentar no Facebook

Deixe uma resposta