Hora de agradecer

Sharing is caring!

A Nina, há dois meses se queixava de uma dor na coluna. Consultou dois médicos, mas a situação permaneceu inalterada, até pior.

Sexta-feira, decidi resolver tudo. O Dr. Mauro Burmann, uma pessoa de uma integridade ímpar, percebendo o quadro, encaminhou a Nina para o próprio filho dele, Dr. Vinicius Burmann, outra pessoa fabulosa, alegre, e bem com a vida e altamente talentoso.

Em princípio, o médico identificou uma contração na coluna. Deu-me um medicamento para casos emergenciais e de muita dor. Encaminhou ela para o Raio X e pediu um hemograma completo, que ficou pronto em 3 horas, e afastou a hipótese meningite, cujo sintoma começa com dores na coluna.

A Nina segue sendo medicada, está em fase de recuperação e mais aliviada porque se trata de uma contração e não meningite.

Agradeço a incrível bondade do coração do Dr. Mauro e seu filho Dr. Vinicius. Agradeço as servidoras técnicas, em especial, a moça que coletou sangue da Nina. A parte mais doída de tudo. A Nina tem muito medo de agulha. Coisa de criança.

Não tem como não ser grato e agradecer ao nosso Hospital Regional de Santiago. O amigo Ruderson Mesquita, um grande anfitrião, quando soube que andávamos em volta com doença, imediatamente me procurou, fato pelo qual agradeço muito. Ruderson é um amigo de todas as horas e leva muito a sério a doença de uma pessoa.

A todos, meus sinceros agradecimentos.

Agradeço a Deus, visto que passo orando e pedindo proteção para minha filhinha. Ela está nas mãos de Jesus Cristo e hoje à noite vou levá-la no culto para agradecer ao Pai Eterno.

Comentar no Facebook

Deixe uma resposta