SOBRE A CRISE NA SAÚDE EM SANTIAGO Parte 2

Sharing is caring!

1 – Podem entrar com mil processos contra mim. Para calarem minha voz, só morto e ainda assim tenho dúvida se o eco de minha voz não ficará calando nas consciências.

2 – Existe um movimento aberto dentro do PP pela retirada da secretaria Gisele Ribeiro do cargo. Eu me lembro bem, quando eu sentava com o Chicão e ele me dizia que “aquilo lá e aquele bando de mulher brigando é um inferno”, ele se referia a ausência de pacificação na saúde.

3 – Os litígios se avolumaram e o Dr. Décio foi quem conseguiu dar um pouco de paz e depois o vice Ruivo, também foi um bom secretário.

4 – Pessoalmente, eu gosto da Gisele, mas o que falam dela é assombroso. Existe uma verdadeira guerra fratricida na saúde.

5 – O Tavinho sempre me disse que queria Liana Canterle no controle de saúde; pode ser que o Tiago tome um dose de bom senso com os Pintos e siga a escolha do sensato e inteligente Tavinho e coloque Liana. É claro que é uma coronelona, mas é muito competente e sabe administrar – politicamente – os conflitos. A Liana é diplomática e pode ser entronada, definitivamente, até 2020, quanto termina o reinado do PP em Santiago.

6 – Eu sei da movimentação dos Pintos no sentido de tornar Liana Canterle de secretária interina, em titular. Aguardemos os próximos passos.

Comentar no Facebook

Deixe uma resposta