As últimas do blog … peixes mortos, a barragem secando, e as 60 casas populares do Tiago Lacerda

Sharing is caring!

A grande mortandade de peixes é óbvio que é consequência dos agrotóxicos. Isto até as pedras sabem.

Agora, o volume de água da barragem local diminui num ritmo frenético, apesar de toda as chuvas.

A barragem não sustenta mais a população local e nem a migratória pendular.

Desde o que grande debate que promovemos, na URI, nenhuma providência foi tomada. Nem a construção de um muro proposto pelo vereador Bianchini e nem se cogitou a construção de outra barragem, que é o que eu defendo. Com a tendência de um verão seco, logo aí teremos problemas de abastecimento.

Final de ano chegando e nem notícia das 60 populares prometidas por Tiago Lacerda para o ano de 2017. Enquanto isto, o déficit habitacional é uma realidade assustadora. Pior, só o desemprego.

Outro dia eu fazia um lanche e chegou um imbecil e me disse: – o Felipe mandou botar uma placa nova no monumento em frente ao Banrisul e botou o nome do Tiago. Só imbecis mesmo, tolos, idiotas, são capazes de achar que eu caio em papo de bêbados e adeptos do pó. Conheço o Felipe, ele jamais faria isso. Mas conheço outros que instruíram o bêbado a tentar me induzir a um erro. Eu conheço a aldeia.

Comentar no Facebook

Deixe uma resposta